Sobre inc.ubalab: uma mudança e um encontro

#1

Minha vida (e a de minha família) vai mudar radicalmente a partir de julho. Estou no momento reduzindo minha bagagem física, emocional e mental. A ordem do dia é otimizar, reduzir o espaço e a necessidade de manutenção. Evitar o desperdício de energia.

Nos últimos dias, decidi não forçar a realização do festival Tropixel, que exigiria uma abundância de recursos ou tempo de que não disponho no momento. Mas a intenção de organizar um encontro para que projetos de Ubatuba e região possam trocar conhecimentos e oportunidades continua. Temos a generosa oferta de utilizar o Café Pagu no dia 16/06, domingo. Em princípio pensei em convocar uma reunião da inc.ubalab, mas nessa toada de racionalizar e otimizar estou pensando em outro formato.

E se essa construção coletiva que temos chamado até agora de inc.ubalab (com graus variados de dedicação ao longo do tempo) assumisse um outro nome, que já anda por aí?

Tenho esse domínio de internet, ubatuba.cc. É um endereço à espera de um projeto. E acho que faz algum sentido adotá-lo como nova identidade da inc.ubalab. Ao mesmo tempo mais direto e mais flexível. CC pode ser “ciência e cultura” (meu preferido), mas também “cooperação e colaboração”. Ou “comunicação e criatividade”. E ainda “chocadeira colaborativa”. E muitas outras interpretações.

Isso tem a ver até mesmo com este site aqui, o Conversa Ubatuba. E pode se estender por outros cantos (wiki Ubatuba, por exemplo).

Primeira pergunta a todxs então: faz sentido esse nome/endereço/identidade?

Segunda pergunta: vamos montar essa programação no Café Pagu em 16/06?

Algumas sugestões aqui, ainda herança de Tropixel:

  • Roda de conversa sobre abundância e sobrevivência
  • Banca e brechó para quem tem coisas pra vender (eu tenho!)
  • Almoço a preço camarada
  • Performances, shows, dinâmicas
  • Exposição de projetos de Ubatuba (convocatória a caminho, já já!)

Vamos!

5 Likes
#2

UM AVISO a quem se interessar:

Como estou ocupadíssimo com um monte de mudanças que estão a ponto de acontecer, decidi que não vou dedicar tempo a organizar nenhuma reunião ou enontro no sentido que havia discutido anteriormente. Está difícil catalisar os diversos interesses. Nesses tempos de crise, polarização e desconfiança tenho a impressão de que as pessoas estão menos dispostas a colaborar umas com as outras, ou então (espero) colaborando de outras formas.

Até por conta da minha iminente mudança, suspendo todos os meus planos futuros de construir um contexto local cooperativo em Ubatuba.

Mas é claro que eu não desisti. Não vou deixar de lado o horizonte da construção coletiva de alternativas. Daqui a poucos dias eu vou contar sobre uma iniciativa bem parecida com este site aqui, mas que pretende conectar iniciativas de inovação socioecológica e campos afins em todos os lugares que falam (ou pelo menos entendem) os idiomas português e espanhol.

1 Like
#3

Oi, Felipe! Espero que, apesar do corre-corre, seus trâmites para a mudança estejam ok.

Das suas preocupações, eu tenho visto que há sim há colaboração, em várias formas, talvez mais simples, mas produtivas. Ou seja: há luz no horizonte, apesar de tanta nuvem.

As coisas tendem a nos parecer mais urgentes quando mudamos de terras, mas aos poucos vão se realocando e as formas de conexão entre terras distantes ficam mais claras.

Pessoalmente, vou me embolando nos meus atrasos, tentando não assumir mais coisas imediatamente pq sei que vou me perder (e atrasar outros em consequência). No entanto, aguardo as novas ideias.

Seguimos!

Abraço e sorte aí!
Suzana

#4

Acho super prudente, Felipe! Tu indo e eu chegando, processos contrários, mas igualmente complexos, hahaha. Tamo junto <3